Fundada em misericórdia

157 fundada na graça Todos os caminhos levam a Deus? Alguns acreditam que todas as religiões são uma variação do mesmo tema - fazer isto ou aquilo e ir para o céu. À primeira vista, parece ser assim. O hinduísmo promete a unidade do crente com um Deus impessoal. Entrar no nirvana requer boas obras durante muitos renascimentos. O budismo, que também promete o nirvana, exige que as quatro verdades nobres e o caminho óctuplo através de muitos renascimentos sejam mantidos.

O Islã promete o paraíso - uma vida eterna cheia de satisfação sensual e prazer. Para chegar lá, o crente deve aderir às Regras de Fé e aos Cinco Pilares do Islã. Levar uma boa vida e aderir às tradições leva os judeus à vida eterna junto com o Messias. Nenhum destes pode salvar o resgate do trailer. Há sempre um grande problema - se você puder seguir as regras, receberá sua recompensa. Existe apenas uma "religião" que pode garantir um bom resultado após a morte, sem ao mesmo tempo incluir uma recompensa por boas ações ou um modo de vida correto. O cristianismo é a única religião que promete e entrega a salvação pela graça de Deus. Jesus é o único que não estabelece condições para a salvação, exceto a crença nEle como o Filho de Deus que morreu pelos pecados do mundo.

E assim chegamos ao centro da barra transversal da cruz da "Identidade em Cristo". A obra de Cristo, que é uma obra de salvação e substitui as obras dos homens, é graça, centrada em nossa fé. A graça de Deus nos é dada como um presente, como um favor especial, e não como uma recompensa por algo que tenhamos feito. Somos exemplos da incrível riqueza da graça e bondade de Deus para conosco, demonstrada em tudo o que Ele fez por nós por meio de Cristo Jesus (Efésios 2).

Mas isso pode parecer fácil demais. Sempre queremos saber "qual é o truque"? "Não temos que fazer outra coisa?" Nos últimos 2.000 anos, a graça foi mal compreendida, mal aplicada e muitos acrescentaram muito a ela. O legalismo cresce desenfreado devido a dúvidas e suspeitas persistentes de que a salvação pela graça é boa demais para ser verdade. Surgiu bem no início [do Cristianismo]. Paulo deu alguns conselhos aos gálatas sobre este assunto. “Todos os que querem ser respeitados na carne obrigam-nos a ser circuncidados, só para não serem perseguidos por causa da cruz de Cristo [que só este salva]” (Gálatas 6,12).

Como crentes em Jesus, o Salvador, estamos sob a graça, não sob a lei (Romanos 6,14 e Efésios 2,8) Que bênção estar livre de saltos de pneus e corridas de obstáculos. Sabemos que nossos pecados e natureza pecaminosa são cobertos pela graça de Deus em todos os momentos. Não temos que ter uma apresentação para Deus, nem temos que ganhar nossa salvação. Todos os caminhos levam a Deus? Existem muitos caminhos, mas apenas um caminho - e é baseado na graça.

de Tammy Tkach


pdfFundada em misericórdia