O grão de trigo

475 o grão de trigo

Caro leitor

É verão. Meus olhos percorrem um amplo milharal. Espigas amadurecem sob a luz do sol e logo estão prontas para a colheita. O fazendeiro espera pacientemente até que ele possa trazer sua colheita.

Quando Jesus caminhou por um milharal com seus discípulos, eles arrancaram espigas de trigo, ralaram em suas mãos e saciaram sua maior fome com os grãos. O que alguns grãos fazem é incrível! Mais tarde, Jesus disse aos apóstolos: "A colheita é grande, mas há poucos trabalhadores lá". (Mateus 9,37).

Você, caro leitor, olha comigo para o milharal e sabe, há uma grande colheita, que está associada a muito trabalho. Eu gostaria de encorajá-lo a acreditar que você é um trabalhador valioso na colheita de Deus e ao mesmo tempo pertence à colheita. Eles têm a oportunidade de orar pelos trabalhadores e ter sucesso, bem como servir a si mesmos. Se você gosta do Focus Jesus, dê esta revista para uma pessoa interessada ou assine-a. Então ela pode participar dos prazeres que o inspiram. Realize sua missão com amor incondicional e siga os passos de Jesus. Jesus, o pão vivo do céu, satisfaz a fome de todo homem sem pão.

O produtor de grãos é o mestre de toda a colheita e determina a hora certa para ela. Um grão de trigo - podemos comparar com ele - cai no chão e morre. Mas ainda não acabou. A partir de um único grão, cresce uma nova orelha que produz muitos frutos. «Quem ama a sua vida perde-a; e quem odeia a sua vida neste mundo a guardará para a vida eterna » (João 12,25).

Com essa perspectiva, você certamente olha para Jesus, que o precedeu até a morte. Através de sua ressurreição ele te dá em sua graça a nova vida.

Recentemente, celebramos o Pentecostes, o primeiro festival da colheita. Esta festa testemunha o derramamento do Espírito Santo sobre os crentes. Como os homens e mulheres da época, hoje podemos proclamar que todo aquele que crê no Jesus ressuscitado, o Filho de Deus, como seu Redentor, faz parte da primeira colheita.

Toni Püntener


pdfO grão de trigo