Uma vida em abundância

458 uma vida em abundância «Cristo veio para lhes trazer vida - vida em plenitude» (João 10:10). Jesus prometeu a você uma vida abundante em riqueza e prosperidade? É correto trazer preocupações mundanas diante de Deus e exigi-las dele? Se você possui mais bens materiais, tem mais fé porque eles são abençoados?

Jesus disse: “Cuidado e tenha cuidado com toda a ganância; porque ninguém vive de ter muitos bens » (Lucas 12,15). O valor de nossa vida não é medido de acordo com nossa riqueza material. Pelo contrário, em vez de comparar nossos bens entre si, devemos primeiro buscar o Reino de Deus e não nos preocupar com nossos cuidados mundanos. (Mateus 6,31-33).

Paulo é particularmente conhecedor de viver uma vida plena. Independentemente de ser humilhado ou elogiado, seu estômago estava cheio ou rosnando vazio, ele estava em uma comunidade social ou sofria sozinho, ele estava sempre satisfeito e agradecia a Deus em todas as situações (Filipenses 4,11-13; Efésios 5,20). Sua vida nos mostra que temos uma vida abundante, independentemente da nossa situação financeira e emocional.

Jesus nos diz a razão pela qual ele veio a esta terra. Ele fala de uma vida ao máximo e significa vida na eternidade. A frase "ao máximo" vem originalmente do grego (gr. perissos) e significa «continuação; mais; além de todas as massas »e refere-se à pequena palavra discreta« vida ».

Jesus não só nos promete uma vida futura em excesso, mas nos dá agora já. Sua presença em nós acrescenta algo imensurável à nossa existência. Através de sua existência em nossas vidas, nossas vidas valem a pena e os números em nossa conta bancária o colocam em segundo plano.

Em João, capítulo dez, é o pastor que é o único caminho para o Pai. É importante para Jesus que tenhamos um relacionamento bom e positivo com nosso Pai Celestial, porque esse relacionamento é o fundamento de uma vida plena. Através de Jesus, nós não apenas recebemos a vida eterna, mas já estamos autorizados a estabelecer um relacionamento íntimo com Deus através dele.

As pessoas associam riqueza e abundância a posses materiais, mas Deus nos aponta para uma visão diferente. Seja específico para nós vida abundante é rico cheio de amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, auto-controle, a compaixão, a humildade, a modéstia, a força de caráter, sabedoria, entusiasmo, a dignidade, o otimismo, auto-confiança, honestidade e acima tudo com um relacionamento vivo com ele. Através da riqueza material, eles não recebem vida em plenitude, mas é dada a eles por Deus quando eles são dados a eles. Quanto mais você abrir seu coração para Deus, mais rica será sua vida.

de Barbara Dahlgren


pdfUma vida em abundância