Ele me ama

487 ele me ama Nos últimos anos, pude fazer uma descoberta maravilhosa e alegre: "Deus me ama"! Talvez você não ache isso uma descoberta emocionante. Mas depois de considerar Deus por anos como um juiz rigoroso que estava apenas esperando para me punir se eu estragasse tudo, é uma nova realização para mim.

Meu relacionamento com Deus - se você pudesse chamar de relacionamento - começou quando eu era jovem. Lembro-me de ler a Bíblia e sentir alguma conexão com esse ser misterioso e sobrenatural. Eu queria adorá-lo de alguma forma, mas não sabia como.

Minhas experiências de adoração não me satisfizeram muito, embora eu gostasse de cantar e também de cantar por um tempo. Uma vez eu visitei uma escola bíblica de lazer a convite de um amigo. Quando a semana acabou, fui à capela com um dos professores. Ele falou comigo sobre a necessidade de aceitar a Cristo como meu Salvador. Minha atitude interior queria fazê-lo, mas faltava-me a firme convicção e senti-o mais como um serviço de boca. Eu ainda não sabia quem era Deus ou como se relacionar com ele. Mais tarde, encontrei Deus em uma igreja baseada na lei como legislador e juiz. Se eu não obedecesse a todas as suas leis, sabia que ia me encrencar.

Então ouvi um sermão que mudou tudo. O pastor falou sobre Deus sabendo tudo sobre as mulheres porque ele nos criou. Como ele poderia nos criar se não tivesse essas qualidades e características? Claro, isso também se aplica aos homens. Como Deus me causou uma impressão "masculina", presumi que ele tivesse tornado os homens mais do que era e que as mulheres eram de alguma forma diferentes. Essa afirmação - e é a única que me lembro do sermão - abriu meus olhos para ver um criador que me conhece e me entende. Mais importante, quem me ama. Ele me ama nos meus dias ruins, nos meus dias bons e mesmo quando ninguém mais parece me amar. Esse amor não pode ser comparado a qualquer outro tipo de amor que eu já conheci. Eu sei que meu pai me amava muito quando ele estava vivo. Minha mãe me ama, mas ela tem que lidar com a realidade de viver como uma viúva agora. Eu sei que meu marido me ama, ele é uma pessoa como eu e não foi projetado por Deus para atender a nenhuma necessidade. Sei que meus filhos me amam, mas eles crescem e depois se afastam, e eu serei um dos que os telefonará uma vez por semana e vem nos visitar.

Só Deus me ama com amor incondicional, inesgotável, incomparável, ilimitado, transbordante, muito íntimo, mais que maravilhoso, esbanjador e exuberante! O amor de Deus é incrível, é grande o suficiente para o mundo inteiro (João 3,16) e também se aplica expressamente a mim. É um amor em que eu posso ser quem eu sou. Eu posso confiar neste amor e me permitir ser mudado. É o amor que me dá vida. É o amor pelo qual Jesus morreu.

Se você ainda vê Deus como eu, pense em uma coisa: "Deus realmente te ama"! Esse conhecimento vai moldar você.

de Tammy Tkach


pdfEle me ama