Secretária eletrônica

608 atender a chamada Quando comecei a curar doenças leves da pele, fui informado de que três em cada dez pacientes não responderam ao medicamento. Eu nunca pensei que a medicação pudesse ser tomada em vão e esperava ser uma das sete sortudas. Eu preferiria que o médico nunca me explicasse, porque me incomodava que eu pudesse desperdiçar meu tempo e dinheiro e arriscar efeitos colaterais desagradáveis. No final do meu segundo mês de tratamento, o médico disse com um sorriso: você responde! Na medicina, usando um respondedor (Respondente) denota um paciente que responde a um medicamento conforme o esperado. Funcionou, fiquei aliviado e feliz com isso.

O princípio da interação medicamentosa e paciente também pode ser aplicado ao nosso relacionamento com nossos semelhantes. Se meu marido não responde minha pergunta e continua lendo em seu jornal, é como a droga que não desencadeia uma reação.
O princípio de causa e efeito também é visível com Deus, o Criador e sua criação. A interação, uma ação recíproca de Deus com a humanidade, foi revelada de diferentes maneiras no Antigo Testamento. As pessoas frequentemente reagiam com medo, às vezes com obediência e principalmente com desobediência. Deus se revelou na pessoa de Jesus no Novo Testamento. Os líderes religiosos responderam com descrença e queriam matá-lo porque ele ameaçava o status deles.

Como Deus deve responder a essa reação? Antes da fundação do mundo, Deus havia preparado um plano de salvação para nós, humanos. Ele nos ama quando éramos pecadores e inimigos. Ele nos alcança mesmo quando não queremos ser alcançados. Seu amor é incondicional e nunca para.
O apóstolo Paulo mostra o amor de Deus, que interage conosco. Jesus disse: "Este é o meu mandamento de que vocês se amem como eu os amo" (João 15,12). Como devemos reagir a esse amor perfeito?

Temos uma escolha de como queremos reagir ao Espírito Santo todos os dias ou não. O problema é que, às vezes, respondemos bem e às vezes não. Mas quando se trata de nosso relacionamento com Deus, nunca devemos esquecer nada - Jesus é o respondedor perfeito. Ele responde mesmo que nossas respostas sejam fracas. Assim, Paulo escreveu: «Porque revela a justiça que está diante de Deus, que provém da fé na fé; como está escrito: os justos viverão pela fé » (Romanos 1,17).

A fé é a reação ao amor de Deus, que é uma pessoa, Jesus Cristo. «Assim Deus imita como filhos amados e anda no amor, assim como Cristo nos amou e se entregou por nós como presente e sacrifício, Deus a um cheiro agradável» (Efésios 5,1: 2).
Jesus é o "remédio" que tomamos para lidar com o problema do pecado. Ele reconciliou todas as pessoas com Deus através de seu derramamento de sangue e morte. Portanto, você não precisa se perguntar se é um dos três ou sete que não responde, mas pode ter certeza de que em Jesus todas as pessoas são respondedoras.

de Tammy Tkach