Deus conosco

622 deus conosco Olhamos para o Natal, a memória do nascimento de Jesus há mais de 2000 anos e, portanto, para Emanuel «Deus conosco». Cremos que ele nasceu Filho de Deus, uma pessoa de carne e sangue e cheio do Espírito Santo. Ao mesmo tempo, lemos as palavras de Jesus, que mostram que ele está no Pai, como vive em nós e nós nele.

Sim, ele é! Jesus abandonou sua forma divina quando se tornou humano. Ele nos reconciliou com nosso Pai, seus irmãos carregados de culpa, por meio de seu derramamento de sangue na cruz. Portanto, da perspectiva de Deus, agora somos puros e perfeitamente belos como neve recém-caída.
Só há uma condição para experimentar esta alegria maravilhosa: Acredite nesta verdade, nestas boas novas!

Estou reescrevendo esta condição em palavras do livro de Isaías 55,8-13 algo assim: os pensamentos e os caminhos de Deus são muito mais poderosos do que os nossos, visto que o céu é mais alto que a terra. A chuva e a neve não voltam ao céu, antes umedecem a terra e dão frutos para que as pessoas, os animais e as plantas se alimentem. Mas não só isso, a palavra de Deus também é ouvida por muitas pessoas e traz ricas bênçãos.

É nosso dever sair em paz e alegria e pregar essas boas novas. Então, como disse o profeta Isaías, até mesmo as montanhas e colinas à nossa frente se alegrarão e gritarão e todas as árvores no campo baterão palmas e aplaudirão e ... tudo isso será feito para a glória eterna de Deus.

O profeta Isaías anunciou Emanuel cerca de setecentos anos antes de seu nascimento e Jesus realmente veio à terra para levar esperança, confiança e vida eterna às pessoas maltratadas e desanimadas. Nesse ínterim, ele está de volta ao lado do pai e está preparando tudo para nos ter com ele em breve. Jesus voltará para nos levar para casa.

de Toni Püntener