Perdas , ,

Enquanto arrumava minhas roupas para uma viagem, descobri que meu suéter favorito havia desaparecido e não estava pendurado no meu armário como de costume. Eu procurei em todos os lugares, mas não consegui encontrá-lo. Eu provavelmente tive que deixá-lo em outra viagem para um hotel. Então eu coloquei o top de correspondência e encontrei outra coisa que eu possa usar bem.

Eu não gosto de perder coisas. É frustrante e estressante, especialmente quando é de valor. Perder algo é estressante, bem como esquecer onde colocar as coisas, como chaves ou documentos importantes. Ser roubado é ainda pior. Tais situações nos fazem sentir desamparados e incapazes de controlar nossa própria vida. Principalmente, não podemos fazer nada mais do que aceitar a perda e ir mais além.

A perda é uma parte da vida sem a qual preferiríamos nos dar bem, mas todos nós a experimentamos. Lidar e aceitar a perda é uma lição que devemos aprender cedo e freqüentemente. Mas mesmo na velhice e com a experiência de vida e o conhecimento de que as coisas são fáceis de substituir, ainda é frustrante perdê-las. Algumas perdas, como perder um pulôver ou chave, são mais fáceis de aceitar do que perdas maiores, como a perda de uma habilidade física ou de um ente querido. Em última análise, há a perda de nossas próprias vidas. Como podemos manter a perspectiva correta? Jesus nos advertiu contra colocar nossos corações e nossas esperanças em tesouros transitórios, tesouros que podem ser perdidos, roubados ou queimados. Nossas vidas não consistem no que possuímos. Nosso valor não é medido pelo tamanho de nossa conta bancária e nosso gosto pela vida não é alcançado pelo acúmulo de mercadorias. As perdas mais dolorosas não são tão fáceis de explicar ou ignorar. Corpos envelhecidos, fugindo de habilidades e sentidos, a morte de amigos e familiares - como lidamos com isso?

Nossas vidas são transitórias e têm um fim. Somos como flores que florescem pela manhã e murcham à noite. Embora isso não seja encorajador, as palavras de Jesus são: Eu sou a ressurreição e a vida. Através de sua vida, todos nós podemos ser restaurados, renovados e redimidos. Nas palavras de uma antiga canção gospel diz: Porque Jesus vive, eu também vivo amanhã.

Porque ele vive, as perdas de hoje desaparecem. Toda lágrima, todo grito, todo pesadelo, todo medo e todo desgosto serão apagados e substituídos pela alegria da vida e pelo amor ao Pai.

Nossa esperança está em Jesus - em seu sangue purificador, vida ressuscitada e amor abrangente. Ele perdeu a vida por nós e disse que, se perdêssemos nossas vidas, encontrá-lo-íamos novamente. Tudo está perdido neste lado do céu, mas tudo é encontrado em Jesus, e quando esse dia feliz chegar, nada será perdido novamente.

de Tammy Tkach


pdfPerdas , ,