Com confiança diante do trono

379 com confiança na frente do trono Hebreus 4,16 diz: "Portanto, vamos ao trono da graça com confiança, para que possamos receber misericórdia e encontrar graça quando precisarmos de ajuda". Eu ouvira um sermão sobre esse versículo há muitos anos. O pregador não era um representante do evangelho da prosperidade, mas enfatizou especificamente que deveríamos pedir a Deus com confiança e com a cabeça erguida para o que queremos. Se eles são bons para nós e para as pessoas ao nosso redor, Deus fará com que isso aconteça.

Bem, isso é exatamente o que eu fiz e você sabe o que? Deus não me deu as coisas que eu pedi. Apenas imagine minha decepção! Minha fé foi um pouco arranhada por isso, porque parecia que eu dei a Deus um enorme salto de fé, perguntando-lhe algo com a cabeça erguida. Ao mesmo tempo, senti que minha desconfiança na coisa toda me impedia de receber o que pedi a Deus. Nosso credo começa a desmoronar se Deus não nos dá o que queremos, embora saibamos que seria melhor para nós e para todos os outros? Nós realmente sabemos o que é melhor para nós e para todos os outros? Talvez pensemos assim, mas na realidade não sabemos. Deus vê tudo e sabe tudo. Só ele sabe o que é melhor para cada um de nós! É realmente a nossa desconfiança que impede a ação de Deus? O que significa realmente permanecer com confiança diante do propiciatório de Deus?

Esta passagem não é sobre estar diante de Deus com o tipo de autoridade que conhecemos - uma autoridade que é corajosa, determinada e descarada. Em vez disso, o versículo mostra uma imagem de como deve ser nosso relacionamento íntimo com nosso sumo sacerdote, Jesus Cristo. Podemos falar com Cristo diretamente e não precisamos de nenhuma outra pessoa como mediadores - nenhum sacerdote, clérigo, guru, clarividente ou anjo. Esse contato direto é muito especial. Não era possível para as pessoas antes da morte de Cristo. Durante o período da Antiga Aliança, o sumo sacerdote era o mediador entre Deus e o homem. Só ele teve acesso ao lugar mais sagrado (Hebreus 9,7). Este lugar extraordinário no tabernáculo era especial. Acreditava-se que essa era a presença de Deus na terra. Um pano ou cortina o separava do resto do templo, onde as pessoas podiam ficar.

Quando Cristo morreu por nossos pecados, a cortina rasgou em dois (Mateus 27,50). Deus não habita mais no templo criado pelo homem (Atos 17,24). O templo não é mais o caminho para Deus Pai, mas deve ser corajoso. Podemos dizer a Jesus como nos sentimos. Não se trata de solicitações ousadas e que gostaríamos de atender. É sobre ser honesto e sem medo. Trata-se de derramar nosso coração àqueles que nos entendem e têm a confiança de que farão o melhor por nós. Chegamos diante dele com confiança e nossa cabeça erguida para que possamos encontrar graça e bondade para nos ajudar em tempos difíceis. (Hebreus 4,16) Imagine que não precisamos mais nos preocupar em orar com as palavras erradas, na hora errada ou com a atitude errada. Temos um sumo sacerdote que apenas olha para o nosso coração. Deus não nos pune. Ele quer que entendamos o quanto ele nos ama! Não é a nossa fé ou a sua ausência, mas a fidelidade de Deus que dá sentido às nossas orações.

Propostas de implementação

Fale com Deus o dia todo. Diga a ele honestamente como você está. Se você é feliz, diga: «Deus, eu sou tão feliz. Obrigado pelas coisas boas da minha vida. Se você está triste, diga: "Deus, eu estou tão triste. Por favor, me conforte. Se não tiver certeza e não souber o que fazer, diga: «Deus, não sei o que fazer. Por favor, ajude-me a ver sua vontade em tudo o que está diante de mim. Se você estiver com raiva, diga: "Senhor, eu estou com muita raiva. Por favor, ajude-me a não dizer algo de que me arrependo mais tarde. Peça a Deus para ajudá-lo e confiar nele. Ore para que a vontade de Deus seja feita e não a dela. Em Tiago 4,3, diz: "Você não está pedindo ou recebendo nada porque está pedindo com más intenções, ou seja, para que possa desperdiçá-lo com seus desejos". Se você deseja receber coisas boas, peça coisas boas. Repita versículos da Bíblia ou músicas ao longo do dia.

de Barbara Dahlgren


pdfCom confiança diante do trono