Autodomínio

Autocontrole 412 Apenas diga não? Eu tenho um amigo. Seu nome é Jimmy. Todo mundo gosta dele. Ele é muito diligente, generoso e tem um bom senso de humor. Mas Jimmy também tem um problema. Recentemente, ele estava viajando em uma estrada quando um veículo passou na frente dele. Jimmy chutou o acelerador e perseguiu o motorista autoritário. Quando o culpado parou em um sinal vermelho, Jimmy teve que frear completamente. Saiu do carro e foi até o veículo à sua frente, bateu a janela lateral, enfiou o braço ensanguentado pela janela quebrada e deu um soco no chocante motorista. Mas a vingança durou pouco. De repente, Jimmy agarrou seu peito e caiu no chão. Dentro de uma hora ele teve que passar por uma cirurgia de cinco ponte de safena no coração. Jimmy carece de autocontrole. A maioria de nós também está preocupada. Não precisa ser de temperamento quente, mas muitas vezes é igualmente destrutivo - medo, amargura, gula, ciúme, arrogância, desejo, abuso de drogas, autopiedade e ganância.

Em Provérbios 25,28 o autocontrole é comparado aos muros de uma cidade e o versículo nos alerta para o perigo de sermos dominados por desejos e luxúrias: "O homem que não consegue conter sua raiva é como uma cidade aberta sem muros". Nos tempos antigos, as cidades eram muradas para proteger os cidadãos da invasão inimiga, animais perigosos e outros invasores indesejados. Quando essas poderosas fortificações foram superadas, as pessoas ficaram à mercê da indefesa - como nós quando não estamos no controle de nossas emoções e desejos. Quando permitimos que nossos impulsos egoístas nos controlem, abrimos a porta para mentiras, insultos, ódio, doença, vergonha e podemos causar sérios danos à vida de outras pessoas1,23) Qual é a resposta para poder lutar contra nossos desejos destrutivos?

Autodisciplina? Força de vontade? Faça um esforço? Apenas diga "não"?

O Novo Testamento nos dá uma pista importante sobre como vencer a batalha pelo autocontrole. O autocontrole é fruto do Espírito Santo (Gálatas 5,22-23). Não é nosso trabalho árduo, nossa autodisciplina ou nossa determinação, pois o autocontrole é provocado pelo Espírito Santo em nós. Ele é a fonte. A palavra 'autocontrole' significa 'estar no controle' ou 'tomar posse de algo'. O Espírito Santo nos dá a capacidade interior de nos controlarmos e de vivermos de forma que não sejamos dominados por nossas emoções e desejos egoístas (2. Timóteo 1,7) Não podemos nem dizer "não" por conta própria. Tito escreveu que a graça de Deus nos mostra que devemos rejeitar os desejos mundanos e viver com prudência e justiça neste mundo (Tito 2,11-12). Mas o Espírito Santo não nos ajuda apenas a resistir a um mau hábito. O Espírito Santo opera em nós para mudar a nós mesmos e substitui os impulsos egoístas pela vida inspiradora e poderosa de Jesus Cristo. Exercemos autocontrole quando decidimos - passo a passo - (o Espírito Santo não tira nosso livre arbítrio) aceitá-lo como fonte de nossa vida e não viver de acordo com nossas preferências. Se fizermos isso, nosso comportamento se tornará semelhante ao de Cristo. Uma lâmpada elétrica indica que há eletricidade - indicamos que Jesus Cristo governa nossas vidas.

Como podemos levar uma vida com autocontrole? Jesus nos mostra que sempre houve um plano de como o homem deveria ser. Ele não se deixava guiar por suas necessidades porque confiava totalmente em seu pai. Por meio da batalha espiritual mais difícil, quando Satanás provou Jesus no deserto, temos uma visão de como funciona o autocontrole. Depois de jejuar 40 dias, Jesus estava cansado, sozinho e com fome. Satanás percebeu qual era a maior necessidade de Jesus e aproveitou a oportunidade para experimentar o que ele mais precisava - comida. Mas Jesus respondeu: "Está escrito: O homem não vive só de pão, mas de toda palavra que sai da boca de Deus" (Mateus 4,4) Nas palavras de Jesus, encontramos uma chave para treinar nosso espírito por meio da habitação do Espírito Santo.

O fornecimento interno

No Salmo 119,11 o salmista explica: "Guardo a tua palavra no meu coração, para não pecar contra ti." A palavra de Deus deve estar ancorada em nossos corações. Não basta salvá-lo em um notebook ou em um programa de computador. Tem que estar em nós. A palavra “guardar” era usada quando tesouros ou suprimentos eram escondidos ou guardados separadamente para serem preparados para emergências futuras. Armazenamos a palavra escrita de Deus fazendo o que pode soar estranho aos ouvidos modernos - a meditação bíblica. Meditar é contemplar, pensar, ouvir, internalizar e permitir repetidamente que as passagens das escrituras passem por sua cabeça, como um cachorro roe um osso. A meditação nos permite manter a palavra de Deus onde ela tem o maior impacto em nossas vidas - em nossos corações (Provérbios 4,23) Aqueles que desrespeitam a Bíblia permitem que velhos padrões de pensamento errado e hábitos destrutivos descontrolados recuperem autoridade sobre eles. Quando enchemos e nutrimos nossas mentes com as Escrituras e as deixamos criar raízes em nossos corações, a Palavra de Deus se torna uma parte de nós e se mostra naturalmente em nossas declarações e ações.

Em Efésios 6,17 Paulo compara a palavra de Deus com uma espada: "Tome a espada do Espírito, que é a palavra de Deus". Paulo provavelmente pensou na espada curta dos soldados que eles sempre usavam em seus homens - pronta para usar a qualquer momento. O Espírito Santo nos ajuda a lembrar vividamente as escrituras4,26) alcançando o suprimento de versos que mantemos em nossos corações por meio da meditação e nos ajuda em emergências, relampejando uma palavra em nossa mente ou lembrando-nos de uma forma sobrenatural de um versículo ou promessa.

Deus nos criou com uma variedade de temperamentos, emoções e desejos. Todos estes devem ser controlados ou eventualmente nos dominam. O autocontrole é comparado a um maestro de uma orquestra sinfônica. Sob a batuta de um maestro, um grande número de músicos talentosos pode tocar as notas certas no momento certo com o volume certo em seus instrumentos para que tudo soe bem. Da mesma forma, nossos desejos e desejos são justificados. O autocontrole é o cajado do Espírito Santo em nossos corações, sob cuja direção capaz tudo permanece no lugar certo e é invocado na hora certa. Ser autocontrolado é ser guiado pelo Espírito Santo.

Oração: Querido pai, desejo viver uma vida com autocontrole, mas não posso fazer isso sem você. Agradeço-te que já me deste tudo o que preciso para levar uma vida que te agrada (2. Petrus 1,3) Por favor, preencha-me com força interior através do seu espírito (Efésios 3,16), para que eu possa usar com responsabilidade a habilidade que você concedeu! Guarda minha boca e me fortalece para que eu não sucumba aos desejos do corpo3,14) Capacite-me a agir com prudência e ser quem eu realmente sou - seu filho (1. Johannes 3,1) Eu estou em suas mãos Viva em e através de mim agora. Em nome de Jesus, amém.

de Gordon Green

pdfAutodomínio


Autodisciplina e autocontrole

Esses dois termos não devem ser confundidos entre si. O autocontrole surge da presença do Espírito Santo em nós, enquanto a autodisciplina é geralmente imposta por fatores externos - uma dieta ou exercício. Normalmente, nos submetemos a uma regra ou regra cujo cumprimento temporário consideramos necessário.