Ele cuidou dela

401 ele cuidou dela A maioria de nós tem lido a Bíblia por um longo tempo, muitas vezes por muitos anos. É bom ler os versos familiares e envolver-se neles como se fossem um cobertor quente. Pode acontecer que a nossa familiaridade nos faça negligenciar as coisas. Quando os lemos com olhos alertas e de um novo ângulo, o Espírito Santo pode nos ajudar a reconhecer mais e possivelmente também lembrar de coisas que esquecemos.

Quando li Atos novamente, no capítulo 13, versículo 18, deparei-me com uma passagem que muitos de nós certamente leram sem prestar muita atenção a ela: "E ele a suportou no deserto por quarenta anos". (Lutero 1984). Na Bíblia de Lutero de 1912, dizia: "ele tolerava o caminho dela" ou, traduzido de uma antiga versão do rei James para o alemão, diz "ele sofria do comportamento dela".

Então lembrei-me de ler esta passagem - e também ouvi-la - que Deus tinha que suportar os israelitas que choravam e queixavam-se como se eles tivessem sido um grande fardo para ele. Mas então eu li a referência em Deuteronômio 5:1,31: «Então você viu que o Senhor seu Deus te deu como um homem que carrega seu filho, por todo o caminho que você caminhou até você veio a este lugar. » A nova tradução da Bíblia de Lutero 2017 afirma: "E ele a carregou no deserto por quarenta anos" (Atos 13,18 :). O comentário de MacDonald explica: "ele cuidou de suas necessidades".

Eu tenho uma luz. Claro que ele tinha cuidado deles - eles tinham comida, água e sapatos que não se desgastavam. Embora eu soubesse que Deus não a matou de fome, nunca percebi o quão próximo e íntimo ele era de sua vida. Foi tão encorajador ler que Deus levou o seu povo como um Pai carrega o Seu Filho. Não me lembro de ter lido isso assim!

Às vezes, podemos sentir que Deus é difícil para nós suportar ou que ele sente muito por aceitar nossos problemas e os problemas atuais. Nossas orações parecem sempre as mesmas, e nossos pecados continuam voltando. Mesmo que às vezes nos importemos e nos comportemos como israelitas ingratos, Deus sempre cuida de nós, não importa o quanto nós gememos; Por outro lado, tenho certeza de que ele preferiria agradecer a ele em vez de reclamar.

Cristãos, em período integral e fora (embora todos os cristãos sejam chamados a servir de alguma maneira) podem se cansar e queimar. Você pode começar a pensar em seus irmãos como israelitas intoleráveis, o que pode levar a problemas irritantes de cobrança e sofrimento. Suportar algo significa tolerar algo que você não gosta ou aceitar algo ruim. Mas Deus não nos vê assim!

Somos todos filhos de Deus e precisamos de um cuidado respeitoso, compassivo e amoroso. Com o amor de Deus fluindo através de nós, podemos amar nossos vizinhos em vez de apenas suportá-los. Se necessário, seremos capazes de transportar alguém cujos poderes já não sejam suficientes no caminho. Lembremo-nos de que Deus não apenas se importou com seu povo no deserto, mas os carregou em seus braços amorosos. Ele nos leva e nunca deixa de amar e cuidar, mesmo quando nos queixamos e esquecemos de sermos gratos.

de Tammy Tkach