O que Jesus diz sobre o Espírito Santo?

383 o que jesus diz sobre o espírito santo

Eu ocasionalmente falo com crentes que acham difícil entender por que o Espírito Santo, assim como o Pai e o Filho, é Deus - uma das três pessoas da Trindade. Eu costumo usar exemplos das Escrituras para mostrar as qualidades e ações que identificam o Pai e o Filho como pessoas, e que o Espírito Santo é descrito da mesma maneira que uma pessoa. Então eu nomeio os muitos títulos usados ​​para se referir ao Espírito Santo na Bíblia. E finalmente, falarei sobre o que Jesus ensinou sobre o Espírito Santo. Nesta carta, vou me concentrar em seus ensinamentos.

No evangelho de João, Jesus fala do Espírito Santo de três maneiras: Espírito Santo, Espírito da verdade e Paraclitos (uma palavra grega que é reproduzida em várias traduções da Bíblia com advogados, conselheiros, ajudantes e edredons). As escrituras mostram que Jesus não viu o Espírito Santo apenas como uma fonte de força. A palavra paraklētos significa "alguém para apoiar" e é geralmente referida na literatura grega como uma pessoa que representa e defende alguém em um assunto. Nos escritos de João, Jesus se chama paraklētos e usa o mesmo termo para se referir ao Espírito Santo.

Na noite anterior à sua execução, Jesus disse a seus discípulos que os deixaria (João 13,33), mas prometeu não deixá-los "como órfãos" (João 14,18). Em seu lugar, ele prometeu, pediria ao pai que enviasse "outro edredom [Paraklētos]" que depois estaria com eles (João 14,16). Ao dizer "outro", Jesus sugeriu que era o primeiro (Ele próprio) e o próximo, como ele, seria uma pessoa divina da Trindade, não apenas uma força. Jesus os serviu como paraklētos - em sua presença (mesmo em meio a tempestades severas), os discípulos encontraram coragem e força para deixar suas "zonas de conforto" para ingressar em seu ministério em benefício de toda a humanidade. Agora Jesus estava se despedindo e, compreensivelmente, eles estavam profundamente preocupados. Até então, Jesus era o paracleto dos discípulos (Ver 1 João 2,1, onde Jesus é chamado de "advogado" [Paraklētos]). Depois (especialmente após o Pentecostes), o Espírito Santo seria seu advogado - seu conselheiro, consolador, ajudante e professor sempre presente. O que Jesus prometeu aos seus discípulos e o que o Pai enviou não foi apenas uma força, mas uma pessoa - a terceira pessoa da Trindade, cujo ministério é acompanhar e guiar os discípulos no caminho cristão.

Vemos a obra pessoal do Espírito Santo em toda parte da Bíblia: em Gênesis 1: paira sobre a água; no evangelho de Lucas: ele ofuscou Maria. Ele é mencionado 1 vezes nos quatro evangelhos, 56 vezes em Atos e 57 vezes nas cartas do apóstolo Paulo. Nessas escrituras, reconhecemos o trabalho do Espírito Santo como uma pessoa de várias maneiras: confortando, ensinando, guiando, advertindo; na seleção e doação de presentes, como apoio na oração desamparada; nos afirmando como filhos adotivos, liberando-nos para invocar Deus como nosso abba (Pai) como Jesus fez. Siga a orientação de Jesus: mas quando o Espírito da verdade vier, Ele o guiará a toda a verdade. Porque ele não fala de si mesmo; mas o que ele ouvirá, ele falará e o que há no futuro, ele anunciará a você. Ele me glorificará; porque ele a tomará da minha e a anunciará a você. Tudo o que o pai tem é meu. Foi por isso que eu disse: Ele vai tirar da minha e pregar para você (João 16,13: 15).
Em comunhão com o pai e o filho, o Espírito Santo tem uma tarefa especial. Em vez de falar de si mesmo, ele aponta as pessoas para Jesus, que as leva ao Pai. Em vez de fazer sua vontade, o Espírito Santo assume a vontade do pai de acordo com o que o filho diz. A vontade divina do Deus uno e trino vem do Pai através da Palavra (Jesus) e é realizado pelo Espírito Santo. Agora podemos ser felizes e receber ajuda através da presença pessoal de Deus na obra do Espírito Santo, nossos Paraclitos. Nosso serviço e nossa adoração pertencem ao Deus trino, em três pessoas divinas, sendo um em ser, agindo, disposto e objetivo. Grato pelo Espírito Santo e sua obra.

Joseph Tkach

Präsident
GRACE COMMUNION INTERNATIONAL


Título do Espírito Santo na Bíblia

Espírito Santo (Salmo 51,13:1,13; Efésios)

Espírito de conselho e força (Isaías 11,2)

Espírito de julgamento (Isaías 4,4)

Espírito de conhecimento e temor do Senhor (Isaías 11,2)

Espírito de graça e oração (Zacarias 12,10)

Poder do Altíssimo (Lucas 1,35)

Espírito de Deus (1 Coríntios 3,16)

Espírito de Cristo (Romanos 8,9)

Espírito eterno de Deus (Hebreus 9,14)

Espírito da verdade (João 16,13)

Espírito de graça (Hebreus 10,29)

Espírito de glória (1 Pedro 4,14)

Espírito da vida (Romanos 8,2)

Espírito de sabedoria e revelação (Efésios 1,17)

O edredom (João 14,26)

O espírito da promessa (Atos 1,4-5)

Espírito da Infância [Adoção] (Romanos 8,15)

Espírito de santidade (Romanos 1,4)

Espírito de fé (2 Coríntios 4,13)