Palavras têm poder

Palavras 419 tem poder Eu não consigo lembrar o nome do filme. Eu não consigo lembrar o enredo ou os nomes dos atores. Mas eu lembro de uma determinada cena. O herói escapou de um campo de prisioneiros de guerra e perseguido por soldados fugiu para uma aldeia próxima.

Quando procurava desesperadamente um lugar para se esconder, ele finalmente mergulhou em um teatro lotado e encontrou um lugar nele. Mas logo percebeu que quatro ou cinco guardas da prisão entraram no teatro e começaram a bloquear as saídas. Seus pensamentos estavam acelerados. O que ele poderia fazer? Não havia outra saída e ele sabia que seria facilmente reconhecido se os visitantes deixassem o teatro. De repente, uma ideia veio a ele. Ele pulou no teatro meio escuro e gritou: «Fogo! Fogo! Fogo! A multidão entrou em pânico e correu para as saídas. O herói aproveitou a oportunidade, misturou-se à multidão, passou pelos guardas e desapareceu na noite. Lembro-me dessa cena por uma razão importante: as palavras têm força. Nesse incidente dramático, uma pequena palavra deixou muitas pessoas assustadas e fugiram para salvar suas vidas!

O Livro de Provérbios (18,21:2) nos ensina que as palavras têm o poder de trazer vida ou morte. Palavras mal escolhidas podem prejudicar, matar o entusiasmo e impedir as pessoas. Palavras bem escolhidas podem curar, incentivar e oferecer esperança. Durante os dias mais sombrios da Segunda Guerra Mundial, as palavras habilmente escolhidas e magnificamente recitadas de Winston Churchill deram coragem às pessoas e restauraram a resistência do povo inglês sitiado. Dizem que ele mobilizou o idioma inglês e o enviou à guerra. É assim que o poder das palavras é poderoso. Você pode mudar vidas.

Isso deve nos fazer parar e pensar. Se nossas palavras humanas têm tanto poder, quanto mais a palavra de Deus? A carta aos hebreus nos mostra que "a palavra de Deus é viva e poderosa" (Hebreus 4,12). Tem uma qualidade dinâmica. Tem energia. Isso faz as coisas acontecerem. Faz coisas que ninguém mais pode fazer. Não apenas informa, faz as coisas. Quando Jesus foi tentado por Satanás no deserto, ele apenas escolheu uma arma para combater e afastar Satanás: “Está escrito; está escrito; está escrito », respondeu Jesus - e Satanás fugiu! Satanás é poderoso, mas as Escrituras são ainda mais poderosas.

O poder de nos mudar

Mas a Palavra de Deus não apenas realiza as coisas, mas também nos transforma. A Bíblia não foi escrita para nossa informação, mas para nossa transformação. Artigos de notícias podem nos informar. Romances podem nos inspirar. Os poemas podem nos deliciar. Mas somente a potente Palavra de Deus pode nos transformar. Uma vez recebida, a Palavra de Deus começa a trabalhar em nós e se torna uma força viva em nossas vidas. Nosso comportamento está começando a mudar e estamos dando frutos (2 Timóteo 3,15:17 - 1; 2,2 Pedro). A Palavra de Deus tem esse poder.

Estamos surpresos? Não quando lemos em 2 Timóteo 3,16: "Porque toda a Escritura é inserida por Deus", ("Sopro por Deus" é a tradução exata do grego). Essas palavras não são apenas palavras humanas. Eles são de origem divina. São as palavras do mesmo Deus que criou o universo e recebe todas as coisas através de sua poderosa palavra (Hebreus 11,3; 1,3). Mas ele não nos deixa em paz com sua palavra enquanto sai e faz outra coisa. Sua palavra está viva!

"Como uma bolota que carrega mil florestas, a palavra de Deus está nas páginas das Escrituras como uma semente adormecida em um silo que está apenas esperando que um semeador trabalhador espalhe a semente e que tenha um coração fértil. recebê-lo » (A Pessoa Preeminente de Cristo: Um Estudo de Hebreus por Charles Swindol, p. 73).

Ele ainda fala através da palavra falada

Portanto, não cometa o erro de apenas ler a Bíblia, porque eles têm que fazer, ou porque é a coisa certa a fazer. Não os leia de maneira mecânica. Nem mesmo os leia porque eles acreditam que eles são a palavra de Deus. Em vez disso, veja a Bíblia como a palavra de Deus através da qual ele fala a eles hoje. Em outras palavras, ele ainda fala através do que ele disse. Como podemos preparar nosso coração para que seja frutífero receber sua palavra poderosa?

Através do estudo bíblico em oração, é claro. Em Isaías 55,11, diz: "É assim que a palavra que sai da minha boca também deve ser: ela não voltará vazia para mim, mas fará o que eu gosto e ele terá sucesso no que eu enviar. . » John Stott conta a história de um pregador errante atravessando o portão de segurança de um aeroporto. Isso foi antes da digitalização eletrônica e o segurança estava remexendo no bolso. Ele encontrou uma caixa de papelão preta que continha a Bíblia do pregador e estava curiosa para descobrir o que ela continha. "O que há nesta caixa?" ele perguntou desconfiado e recebeu a resposta surpreendente: "Dinamite!" (Entre dois mundos: John Stott)

Que descrição apropriada da Palavra de Deus - uma força, uma força explosiva - que pode "explodir" velhos hábitos, quebrar falsas crenças, acender uma nova devoção e liberar energia suficiente para curar nossas vidas. Essa não é uma razão convincente para ler a Bíblia para mudar?

de Gordon Green


pdfPalavras têm poder