A melhor escolha

559 escolheu o melhor Há o frango proverbial andando com a cabeça supostamente cortada. Este termo significa quando alguém está tão ocupado que corre descontrolado e sem cabeça pela vida e fica completamente distraído. Podemos relacionar isso com nossas vidas ocupadas. A resposta padrão para "Como vai você?" É: "Bom, mas tenho que ir imediatamente!" Ou "Bom, mas não tenho tempo!" Muitos de nós parecem correr de uma tarefa para outra, até o ponto onde não conseguimos encontrar tempo para descansar e relaxar.

Nosso estresse constante, nossa própria motivação e o sentimento constante de estar fora de nossa empresa afetam nosso bom relacionamento com Deus e nosso relacionamento com os outros. A boa notícia é que a ocupação é frequentemente uma escolha que você pode decidir por si mesmo. O evangelho de Lucas contém uma história maravilhosa que ilustra isso: «Quando Jesus continuou com seus discípulos, ele chegou a uma vila onde uma mulher chamada Marta o convidou para sua casa. Ela tinha uma irmã chamada Maria. Maria sentou-se aos pés do Senhor e o ouviu. Martha, por outro lado, trabalhou duro para garantir o bem-estar de seus convidados. Finalmente, ela ficou na frente de Jesus e disse: Senhor, você acha certo que minha irmã me deixe fazer todo o trabalho sozinho? Diga a ela para me ajudar! - Marta, Marta, respondeu o Senhor, você está preocupado e inquieto com tantas coisas, mas apenas uma coisa é necessária. Maria escolheu o melhor e isso não deve ser tirado dela » (Lucas 10,38-42 nova tradução em Genebra).

Gosto de como Jesus desviava gentilmente Marta, que estava apressada, distraída e preocupada. Não sabemos se Martha fez uma refeição rica ou se foi uma combinação de preparação de alimentos e muitas outras coisas que a incomodaram. O que sabemos é que a ocupação deles os impediu de passar um tempo com Jesus.

Quando ela reclamou com Jesus, ele sugeriu que ela se orientasse e refletisse sobre ele, porque ele tinha algo importante para lhe dizer. «De agora em diante não te chamarei servos; pois o servo não sabe o que seu mestre está fazendo. Mas eu te chamei de amigos; porque tudo o que ouvi do meu pai te dei a conhecer » (João 15,15).

Às vezes todos devemos nos concentrar de novo. Como Marta, podemos estar muito ocupados e distraídos para fazer coisas boas para Jesus, deixando de apreciar e ouvir sua presença. O relacionamento íntimo com Jesus deve ser nossa principal prioridade. Foi esse o ponto que Jesus procurou quando disse a ela: "Maria escolheu o melhor". Em outras palavras, Maria colocou o relacionamento com Jesus acima de suas responsabilidades e esse relacionamento é o que não pode ser retirado. Sempre haverá tarefas que precisam ser realizadas. Mas com que frequência enfatizamos as coisas que achamos que precisamos fazer, em vez de observar o valor das pessoas para quem as fazemos? Deus criou você para um relacionamento pessoal próximo com ele e com todos os seus semelhantes. Maria parecia entender isso. Espero que você também.

de Greg Williams