Um lembrete no momento certo

Lembrete 428 no momento certo Era uma manhã de segunda-feira e a fila na farmácia ficava cada vez mais longa a cada minuto. Quando finalmente chegou minha vez, estava confiante de que seria servido rapidamente. Só queria comprar outro medicamento para uma doença crônica. Todos os meus dados já estavam salvos no computador da farmácia.

Percebi que a vendedora que me atendeu era nova na loja. Ela sorriu educadamente para mim quando dei meu nome e endereço. Depois de inserir algumas informações no computador, ela perguntou novamente meu sobrenome. Repeti pacientemente, desta vez mais devagar. Bem, pensei, ela é nova e não está muito familiarizada com o processo. Na terceira vez que ela perguntou meu sobrenome, comecei a sentir uma impaciência crescente. Ela entendeu mal alguma coisa ou simplesmente não conseguia se concentrar corretamente? Como se isso não bastasse, ela também aparentemente teve dificuldade em obter as informações de que precisava. Finalmente, ela pediu ajuda a seu colega superior. Fiquei surpreso com a paciência de seus superiores, que já estavam muito ocupados. Atrás de mim, ouvi algumas expressões de desagrado, onde a fila, entretanto, se alongou até a entrada. Então eu percebi algo. A nova vendedora estava usando um aparelho auditivo. Isso explica muito. Ela não ouvia bem, estava animada e teve que trabalhar sob grande pressão. Eu podia imaginar como ela se sentia - oprimida e insegura.

Quando finalmente saí da loja com os meus pertences, apoderou-se de mim um sentimento de gratidão, claro, de gratidão a Deus, que em boa hora me tinha lembrado: «Não te zangues depressa; pois a raiva está no coração do tolo »(Pregador 7,9) Como acontece com a maioria dos cristãos, um dos meus pedidos de oração diários é para que o Espírito Santo me guie. Quero ver meus semelhantes e as coisas como Deus os vê. Normalmente não sou um bom observador. Não tenho dúvidas de que Deus abriu meus olhos naquela manhã para ver um pequeno detalhe como um aparelho auditivo.

oração

"Obrigado, querido Pai, pelo maravilhoso presente do Espírito Santo que nos confortou e nos guiou. Somente com a ajuda dele podemos ser o sal da terra ».

por Hilary Jacobs


pdfUm lembrete no momento certo