Quais são os bons presentes?

496 quais são os bons presentes O apóstolo Tiago escreve em sua carta: «Todos os bons presentes e todos os presentes perfeitos descem do alto, do pai da luz, com quem não há mudança nem mudança de luz e trevas» (Tiago 1,17).

Quando olho para os dons de Deus, percebo que ele está trazendo vida. A luz, a glória da natureza, o nascer do sol dourado, as cores vivas do pôr-do-sol sobre os picos cobertos de neve, o verde exuberante dos bosques, o mar de cores num prado cheio de flores. Eu vejo muitas outras coisas que todos nós podemos admirar somente se levarmos algum tempo para elas. Deus nos dá todas essas coisas em abundância, não importa qual convicção você represente. O crente, o ateu, o agnóstico, o não-crente e o crente diferente, todos eles podem desfrutar desses bons presentes. Deus faz chover sobre os justos e os injustos. Ele dá esses bons presentes para todas as pessoas.

Pense nas habilidades incríveis que as pessoas têm em tecnologia, construção, esportes, música, literatura, artes - a lista não tem fim. Deus deu habilidades a cada pessoa. Pessoas de todas as origens foram abençoadas abundantemente. De onde mais essas habilidades vêm, se não do Pai da Luz, o doador de todos os bons dons?

Por outro lado, há muito sofrimento e tristeza no mundo. As pessoas foram atraídas para um vórtice de ódio, ganância, imprudência e coisas que causam grande sofrimento. Basta olhar para o mundo e suas orientações políticas para ver como ele é sério. Nós vemos tanto o bem quanto o mal no mundo e na natureza humana.

Que presentes maravilhosos Deus dá ao crente, que encontra o bem e o mal neste mundo? Estas são precisamente as pessoas a quem James está se dirigindo, para encorajá-las a considerá-lo como uma razão muito especial para se alegrar quando passar por provações de todos os tipos.

A salvação

Antes de tudo, a Palavra de Jesus diz que quem crê no Filho unigênito de Deus é salvo. Salvo de quê? Ele ou ela é salvo do salário do pecado, que é a morte eterna. Da mesma forma, Jesus falou sobre o cobrador de impostos que estava parado no templo e deu um tapa no peito e disse: "Deus seja misericordioso comigo, um pecador!" Eu lhe digo: ele justamente desceu à sua casa (Lucas 18,1314).

A certeza do perdão

Infelizmente, devido a nossos erros, nos esforçamos para sermos culpados pela vida. Algumas pessoas tentam justificar sua culpa, mas elas permanecem.

Há muitas razões pelas quais nossos erros passados ​​não nos deixam em paz. É por isso que algumas pessoas procuram psicólogos para encontrar soluções. Nenhum conselho humano pode fazer o que o sangue derramado de Jesus permite. Somente através de Jesus podemos ter certeza de que tudo é perdoado, no passado e no presente, mesmo no futuro. Nós somos livres apenas em Cristo. Como Paulo disse, não há condenação para aqueles que estão em Cristo (Romanos 8,1).

Além disso, temos a certeza de que, se pecarmos novamente e "confessarmos nossos pecados, ele é fiel e justo, que nos perdoará e nos purificará de toda injustiça". (1 João 1,9).

O espírito santo

Jesus também disse que o Pai da Luz e doador de boas dádivas nos dará o dom do Espírito Santo - muito mais do que nossos pais humanos podem fazer por nós. Ele assegurou a seus discípulos que ele estava indo embora, mas a promessa de seu pai, conforme profetizado em Joel 3,1, seria cumprida no dia de Pentecostes. O Espírito Santo desceu para eles e tem estado em e com todos os cristãos crentes desde então.

Quando aceitamos a Cristo e recebemos o Espírito Santo, não recebemos um espírito de medo, mas o espírito de força, amor e prudência (2 Timóteo 1,7). Esse poder nos permite suportar os ataques do mal, opor-se a ele, para que ele fuja de nós.

O amor

Gálatas 5,22: 23-1 descreve o fruto que o Espírito Santo produz em nós. Existem nove aspectos dessa fruta, começando e incorporados no amor. Como Deus nos amou primeiro, somos capazes de "amar o Senhor, nosso Deus, com todos os nossos corações e vizinhos como a nós mesmos". O amor é tão importante que Paulo escreveu uma definição sobre isso em 13 Coríntios e descreveu o que podemos fazer por meio dele. Ele conclui que há três coisas que permanecem - fé, esperança e amor, mas o amor é o maior deles.

Uma mente saudável

Isso nos permite viver como filhos do Deus vivo na esperança de salvação, salvação e vida eterna. Quando surgem dificuldades, podemos ficar confusos e até perder a esperança, mas se esperarmos pelo Senhor, ele nos levará.

Depois de bons setenta anos em que fui capaz de viver uma vida abençoada como cristão comprometido, posso juntar as palavras do rei Davi: "Os justos devem sofrer muito, mas o Senhor o ajuda em tudo isso" (Salmo 34,20). Houve momentos em que eu não sabia rezar, então tive que esperar em silêncio e, quando olhei para trás, pude ver que não estava sozinha. Mesmo quando questionei a existência de Deus, ele esperou pacientemente para me ajudar a sair da crise e me deixou olhar para que eu pudesse ver a magnitude de sua glória e criação. Em tal situação, ele perguntou a Jó: "Onde você estava quando eu fundei a terra?" (Jó 38,4).

Paz

Jesus também disse: «Deixo-te paz, dou-te a minha paz. [...] Seu coração não está assustado nem assustado » (João 14,27). Nos piores momentos, isso nos dá uma paz que vai muito além da compreensão.

Die Hoffnung

Ele nos dá a vida eterna como o maior presente e a alegre esperança de estar com ele para sempre, onde não haverá mais sofrimento e dor e onde todas as lágrimas serão enxugadas (Apocalipse 21,4).

Salvação, perdão, paz, esperança, amor e mente sã são apenas algumas das boas dádivas prometidas ao crente. Eles são muito reais. Ainda mais real do que todos eles é Jesus. Ele é nossa salvação, nosso perdão, nossa paz, nossa esperança, nosso amor e nossa mente sã - o presente muito melhor e perfeito que vem do Pai.

Pessoas que não estão entre os crentes, sejam ateus, agnósticos ou de outras religiões, também estes bons presentes devem gozar. Ao aceitar a oferta de salvação através da morte e ressurreição de Jesus Cristo e confiando que Deus lhes dá o Espírito Santo, eles vão experimentar uma nova vida e a relação divina com o Deus Uno e Trino, que é o doador de todas as coisas boas. Você tem a escolha.

de Eben D. Jacobs


pdfQuais são os bons presentes?